A cirurgia bariátrica é considerada hoje uma estratégia segura e moderna para tratamento da obesidade. Entretanto, a rápida perda de peso após a cirurgia costuma levar a uma considerável perda de massa muscular – seja pela menor ingestão ou pela menor absorção de macronutrientes, principalmente de proteínas. Para repor essa “perda” muito rápida do organismo, médicos e nutricionistas indicam a suplementação proteica como parte do tratamento e da nova rotina de alimentação do paciente: o famoso “whey”.

Velho conhecidos dos amantes de academias, o suplemento nada mais é do que a junção de proteínas de alto valor biológico e aminoácidos que o nosso corpo é incapaz de produzir sozinho. Para suprir cada necessidade existe um tipo de produto, segundo a nutricionista Carla Herculano de Ornelas Barbosa, que deu estas dicas pra gente:

 

Sobre tipos de “Whey”

  • ISOLADO

É submetido a um processo de filtração que quebra a estrutura das proteínas, deixando-o praticamente livre de carboidratos (lactose), gordura e colesterol. Ela pode ser feita por troca iônica (aquecimento) ou microfiltragem (a frio). Essa é uma opção para quem está fazendo dieta com restrição de carboidratos e gorduras.

  • CONCENTRADO

É submetido a uma filtragem que não elimina completamente a gordura e a lactose e a estrutura da proteína mantém-se intacta. É contraindicado para os intolerantes à lactose.  Por conter carboidrato, é a melhor opção para recuperação muscular (pós-treino). Geralmente é o mais saboroso.

  • HIDROLISADO

As moléculas de proteína do soro do leite são quebradas em partículas menores por meio de hidrólise. Por esse motivo, recebeu o apelido de “Whey protein pré-digerido”. Ele oferece aminoácidos praticamente livres, fazendo com que a digestão e a absorção sejam mais rápidas. Pode ser uma alternativa para as pessoas com intolerância à lactose ou alérgicas às proteínas do leite.

 

Ok, mas qual devo comprar?

O que foi recomendado pela sua nutricionista, sempre! – diz Carla. Ah, vale lembrar para evitar produtos muito industrializados que dizem oferecer a proteína como base. Muitas vezes, para tornar o sabor mais agradável e comercial, eles são repletos de xaropes, adoçantes e carboidratos. Por isso, leia sempre o rótulo e prefira misturas caseiras com ingredientes mais naturais.

 

3 receitas saborosas com whey protein

Todos que já tomaram o whey, sabem bem que o sabor do suplemento não é das coisas mais deliciosas que já provamos, certo? Por isso pedi para nossa super nutricionista nos dar algumas dicas de preparos saborosos e nutritivos com whey. Vamos lá:

  • Hambúrguer proteico

Ingredientes:

1 xícara (chá) de quinoa cozida;
2 colheres-medida de whey protein neutro;
2 colheres (sopa) de azeite de oliva;
1 cenoura crua e ralada no ralo fino;
½ cebola picada;
2 colheres (sopa) de salsinha picada;
1 colher (sopa) de aveia em flocos finos;
1 colher (sopa) de farinha de amaranto;
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:

1) Aqueça o azeite e refogue a cenoura, a cebola, a salsinha e a aveia. 2) Tempere com sal e pimenta. Reserve. 3) Junte a quinoa com os demais ingredientes e misture. 4) Adicione a farinha de amaranto até dar liga. 5) Modele os hambúrgueres. 6) Leve à geladeira por 30 minutos. 7) Asse no forno ou na grelha antiaderente. 8) Divirta-se!

 

  • Muffin proteico de cacau

Ingredientes:

30 ml de clara;
30 g de farinha de amêndoas;
1 colher de cacau;
1 colher de sobremesa de fermento;
1 colher de Xilitol adoçante

Modo de preparo:

1) Misture tudo e leve ao microondas de 40 segundos a 1 minuto. 2) Para cobertura misture um sachê de whey sabor chocolate ou 30 g do whey em pó e adicione água aos poucos, misturando bem até dar ponto. (Não leve o whey ao fogo!)

 

  • Smoothie Ultra

Ingredientes:

200 ml de água de coco;
1 fatia de melão (bata com as sementes);
1 xícara de chá de frutas vermelhas;
1 scoop de whey protein hidrolisado sabor baunilha

Modo de preparo:

1) Bata tudo no liquidificador, polvilhe chia e sirva!

Para saber mais sobre o papel do nutricionista no tratamento da obesidade, clique AQUI!